Liderança para tempos de turbulência

Empoderar para LIBERTAR!

 

 

Eu estou realmente preparado para os desafios do mundo atual? E os gestores de minha empresa, estão?

Estas são as perguntas que todos os profissionais que possuem cargo de chefia, CEOs de empresas, empresários, etc…, devem se fazer e refletir profundamente sobre as respostas. Dizer que estamos passando por tempos de turbulência atualmente é chover no molhado, mas ao mesmo tempo que isso parece óbvio, poucas são as pessoas que estão sinceramente avaliando suas capacidades de resposta e sendo realistas em relação à elas. Ou seja,  grande maioria das lideranças estão míopes em relação ao ambiente e também às suas competências e isso as coloca num risco imenso de ver tudo o que construíram ir por água abaixo.

Nesta palestra eu analiso o cenário que os grandes estudiosos do assunto apelidaram de V.U.C.C.A.:

VOLATILE – volátil

UNCERTAIN – incerto

CHAOTIC – caótico

COMPLEX – complexo

AMBIGUOUS – ambíguo

e trago estratégias, estudos de casos e alternativas para aumentar seu nível de conhecimento acerca desses assuntos de extrema urgência, e assim potencializar a sua capacidade de se adaptar e sobreviver nesse tipo de mundo.

CONTEXTUALIZAÇÃO

O mundo inteiro, e o Brasil em particular, vive um período extremamente desafiador, não apenas em termos político-econômico-sociais, mas sobretudo em termos das relações humanas. As pessoas têm sido instadas a se adaptar e a atuar em ambientes onde mudanças disruptivas ocorrem com frequência cada vez maior. Nada mais pode ser encarado como certo, seguro ou permanente como era feito no passado, quando o ritmo das mudanças, sensivelmente menor, deixava um espaço confortável para o aprendizado.

As respostas agora, além de mais rápidas, precisam considerar um número maior de variáveis que, em grande parte das vezes, não estão restritas ao escopo do problema a ser tratado. Assim, instituições fortes passam a requerer mais do que o domínio sobre os processos administrativos internos, mas também habilidades interpessoais até então pouco desenvolvidas. Passam a requerer também um maior senso geral de finalidade e propósito em cada diminuta atividade, assim como o fortalecimento da confiança em ambas as direções, vertical e horizontal.

Para melhor caracterizar este novo ambiente de atuação, os especialistas em gestão criaram um acrônimo chamado de: V.U.C.C.A., que significa, em inglês: Volatile (volátil), Uncertain (incerto), Chaotic (caótico), Complex (complexo) e Ambiguous (ambíguo). Tais são as características mais proeminentes que têm permeado e influenciado os novos espaços decisórios.

É neste cenário que os líderes modernos precisam motivar, engajar e conduzir suas equipes para a obtenção de resultados mais efetivos. E para que sejam bem-sucedidos nessa missão, é crucial que sejam capacitados e treinados, modernizando suas competências de liderança com o objetivo de estar à altura das demandas deste novo tempo.